Lua de Mel no Chile

Olá meu povo querido! 

Como vocês sabem, tenho um mooonte de posts atrasados devido a vários fatores como: internet, casamento, mudança, etc. Tem posts de Dezembro ainda, hahahaha - mas não aguentei e vou colocar o post sobre a lua de mel na frente de todos. É difícil escolher as fotos, até porque tirei muitas, mas vamos lá...


Casei no dia 10/01 e fomos viajar no dia 12/01, saímos de Londrina com destino final Santiago. A viagem durou umas 8 horas no total, contando que tivemos que trocar de aeronave em Curitiba e Guarulhos. Foi uma viagem incrível, conhecemos vários pontos turísticos e trouxemos na bagagem muitas experiências diferentes. 

No primeiro dia fomos conhecer o zoológico nacional localizado no Morro San Critóbal. Só para chegar até a entrada tem que fazer um passeio de carro pelo morro, desfrutando dos belos jardins japoneses. O zoo conta com várias espécies de animais, alguns que só consegui ver aqui, como o misterioso panda vermelho. Nesse mesmo morro estão localizados outros pontos turísticos como o teleférico que leva do zoológico para o topo do morro - a 880 metros de altura - onde se encontra a estátua da Virgem "Inmaculada Concepción". Também é possível desfrutar das piscinas públicas e o jardim botânico, tudo muito lindo!


Outro passeio interessante é a Palácio de La Moneda onde ocorre a troca de guarda. É uma apresentação muito bonita e vale a pena assistir do início ao fim. Qualquer dúvida, vale conversar com os carabineiros del chile, os guardas de farda verde. Todos são muito atenciosos com os turistas e sempre estão dispostos a ajudar. O Mercado Municipal também é um ponto que reúnem os turistas, lá é possível encontrar os melhores restaurantes de frutos do mar e feiras de artesanatos. 



Quem é fã de vinho não pode deixar de visitar as vinícolas Concha Y Toro e Emiliana. Ambas possuem guias para as visitações, onde é possível conhecer os parreirais, a forma de plantio e cuidado com as uvas, a forma de produção e a história dessas vinícolas. Na Concha Y Toro está incluso a visitação na adega Casillero Del Diablo, e 4 degustações - 2 vinhos brancos e 2 tintos, apenas um é casillero - além disso, cada pessoa ganha de presente uma taça da marca. No final, é possível comprar as suas garrafas favoritas e lembrancinhas do lugar. 




A vinícola Emiliana é especializada em vinhos brancos e vinhos orgânicos, mas mesmo assim produz um ótimo vinho tinto. Durante o passeio, o guia explica os cuidados necessários para tornar os vinhos orgânicos. Tudo é natural, não utilizam agrotóxicos, nem venenos. Como adubo é utilizado o esterco das alpacas - que possuem muitos nutrientes - e são criadas lá, juntamente com vacas, bois, galinhas e outros animais que auxiliam no processo de cultivo das uvas. 




Há 4 tipos de degustação. A que fizemos continha 2 vinhos brancos e 2 vinhos tintos. Não resisti e comprei um Chardonnay da linha Novas - o segundo, que é uma delícia - e o Coyam - o último da foto - que é um blend de três tipos de uvas (esse foi o Jessé que escolheu). 


Existem muitos pontos turísticos em Santiago e ainda tenho que falar sobre as cidades de Valparaíso e Viña del Mar, dicas de restaurantes e guia de compras. Por isso vou dividir esse post em 3 partes. 
Espero erstar ajudando vocês com esse diário de viagem. Qualquer dúvida é só perguntar nos comentários. Beijo e até amanhã.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o meu blog! Volte sempre ;)