Nutrição X cirurgia plástica: Tem relação????






Olá minhas lindas e lindos... a nutri estava um pouco afastada devido a muitos estudos, mas hoje retornando com tudo, e vamos reiniciar falando sobre um tema muito legal a nutrição e as cirurgias plásticas. Os resultados são os mesmo em cirurgias plásticas realizadas em pessoas bem nutridas e outras com alterações de absorção, ou carências de nutrientes??? NÃO!!!!


Vejam só, estudos têm mostrado que nem sempre somente a cirurgia atua na melhora e manutenção de um corpo mais bonito e quem dirá, saudável! Os fatores envolvidos no sucesso de uma cirurgia plástica são inúmeros , como a nutrição adequada no período preparatório, ajudando a garantir um bom estado imunológico e a participar de toda nutrição celular.




A cicatrização é uma etapa crítica no processo, e é parte do sucesso da cirurgia. Para uma boa cicatrização um dos fatores mais influentes é o estado nutricional. E por isso, nada de esperar para realizar uma consulta com Nutricionista somente após a cirurgia! O ideal é que o processo de reeducação alimentar, com introdução de alimentos funcionais e suplementos adequados, se necessário, inicie o quanto antes. Alimentos e fitoterápicos podem ser utilizados também para melhor controle da ansiedade também, que costuma andar lado a lado com a chegada da data da cirurgia em si, seja ela qual objetivo for.

A cicatrização é um processo com três etapas diferentes: fase inflamatória, fase proliferativa e a fase final, que determinará a elasticidade da cicatriz. Na primeira etapa é essencial que estejam disponíveis as quantidades adequadas de proteínas e de gorduras do tipo ômega -3, que farão a imunomodulação e irão prevenir que o organismo faça uma resposta inflamatória exagerada. O mineral zinco é fator primordial na dieta e que ajuda a manter sistema imune saudável. Vitaminas A, E, C, juntamente com o mineral selênio, são importantes para a função antioxidante, já que um processo cirúrgico pode gerar uma grande quantidade de radicais livres.




O ferro também é um componente do sistema de transporte de oxigênio e pode afetar a capacidade de cicatrização de feridas, mas somente em deficiências graves, como anemia. No ambiente clínico, a deficiência de ferro pode resultar em perda de sangue, má nutrição celular e infecção. Ao contrário de outras deficiências, a deficiência de ferro é facilmente detectada e tratada.




Na fase seguinte, é importante que estejam presentes todos os nutrientes citados anteriormente, e também boas doses de proteínas magras e alimentos funcionais. A desnutrição e a fome oculta é uma deficiência de nutrientes que são protetores ao organismo, é uma carência não aparente, sendo atualmente identificada como o problema nutricional mais prevalente no mundo - você come, mas não está se nutrindo, suas células ainda estão em estafo de fome de alguns nutrientes essenciais podem ter um impacto grave sobre os resultados de traumas e feridas cirúrgicas.




Garantir refeições fracionadas e bom aporte líquido são fundamentais. Glutamina, arginina e probióticos podem ser prescritos se necessário, sempre com orientação do Nutricionista, para garantir que a parede intestinal volte à sua integridade, até pela agressão de uso de algumas medicações usadas no procedimento, que perduram no pós-cirúrgico muitas vezes como antiinflamatórios.




O sucesso da cirurgia começa com a correta avaliação do paciente, sendo três variáveis analisadas: comportamento do paciente em relação a vida saudável , alimentação equilibrada e exercício regular.




Antes de realizar sua tão sonhada cirurgia plástica, venha se consultar e nutrir seu organismo para garantir um melhor resultado. Espero por vocês!




Bjokas...





Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o meu blog! Volte sempre ;)